[ALL] Os videogames de nova geração já são uma realidade no Brasil?

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[ALL] Os videogames de nova geração já são uma realidade no Brasil?

Mensagem por sikapan em Ter 18 Mar 2008 - 10:12

Os videogames de nova geração já são uma realidade no Brasil?




Caros leitores, não se enganem. O ano de 2008 será a consolidação definitiva dos videogames de nova geração, com direito a tudo de mais inovador que eles podem trazer. E, essas mudanças não vão atingir apenas EUA, Ásia e Europa, lugares onde esse mercado já está relativamente solidificado. Esta sedimentação definitiva vai chegar também aqui no Brasil. E com força.

E, para falar do assunto, nada melhor que alguém que esteja dentro do ramo, mais precisamente na área de jogos. Logo, o "Techguru Entrevista" dessa semana vai conversar com Vinícius Marques, gerente de produtos da NC Games, a maior distribuidora de jogos do Brasil, que comercializa títulos para quase todas as plataformas existentes. Confira abaixo como foi o bate-papo:

Techguru - A NC é uma empresa que distribui jogos para as mais diversas plataformas. O público brasileiro já começa a abraçar os videogames de nova geração (Xbox 360, Playstation 3 e Wii) ou ele ainda está esperando uma queda nos preços dos consoles?

Vinícius Marques - O público mais aficcionado, sem dúvida, já adotou os consoles de nova geração, pois a enxurrada de notícias sobre ótimos jogos que chegaram nos últimos tempos, e os que estão por vir, sem dúvida faz com que o público se decida por pegar um console da nova geração o mais depressa possível.
TG - Em termos de vendas de jogos dentro dos três consoles de nova geração, qual a plataforma tem tido a preferência do público?

VM - A briga está bastante acirrada por aqui, pois existem vários fatores que fazem uns penderem para o PS3, como o Blu-Ray. Outros preferem o Wii e sua jogabilidade inovadora, mas também uma boa parcela do público gosta muito do XBOX 360, com sua biblioteca mais bem servida de excelentes jogos. No entanto, em termos de vendas aqui na NC, temos notado uma tendência ao PS3.

TG - A venda de jogos piratas sempre foi um dos maiores entraves para o crescimento maduro do mercado de videogames por aqui. Os novos videogames são aparelhos mais seguros contra a pirataria e a conseqüente venda de jogos não-originais?

VM - Infelizmente, o único console dos três que continua a salvo da pirataria até agora é o PS3, pois, além do alto custo do Blu-Ray, os hackers de plantão estão tendo maior dificuldade para arrumar um jeito de burlar suas travas de segurança. Em relação aos outros consoles que já convivem com a realidade da pirataria, por um lado a base instalada aumenta muito devido ao baixo custo da cópia ilegal, por outro, infelizmente o mercado formal não acompanha tal crescimento e prejudica a formação de um mercado oficial sólido no país.

TG - Xbox 360, Playstation 3 e Wii são equipamentos que privilegiam bastante o uso da Internet por meio de seus serviços online (Xbox Live, Playstation Network e Wii Pay and Play). Este tipo de recurso pode incentivar o usuário a adquirir apenas equipamentos originais?

VM - Pode, sem dúvida, mas, para que isso aconteça, é preciso uma atitude mais enérgica contra a pirataria. É necessário, por exemplo, que os serviços online para os consoles sejam oferecidos para o Brasil sem os empecilhos da obrigatoriedade do uso de um cartão de crédito internacional para o pagamento dos conteúdos. Além disso, é preciso também eliminar também as restrições de serviços existentes para quem usa o serviço online fora do país de origem.

TG - Xbox 360 e Playstation 3 apresentam um ótimo poder de processamento para jogos pesados e o Wii investiu muito na jogabilidade. Você acha que esses atrativos presentes nos três equipamentos podem diminuir a fatia do mercado de jogos para PCs?
VM - Eu acho que sempre haverá uma divisão de mercado entre consoles e PCs, hora com maior tendência para um, hora aos outros. Os PCs têm, em via de regra, muita flexibilidade para se jogar, mas, em compensação, são mais caros para quem quer rodar os games mais modernos e com recursos gráficos de última geração, que exigem placas de vídeo mais caras. Por outro lado, os videogames apresentam uma relação plug and play simplesmente imbatível, sendo mais flexíveis em termos de mobilidade do que qualquer PC. Além disso, eles não necessitam de configurações ou preocupação com compatibilidade. Você simplesmente liga e joga.
TG - Os novos videogames têm seu potencial gráfico e sonoro devidamente aproveitado em TVs de alta definição (LCD ou Plasma). Você acha que este fator ajuda ou atrapalha na adoção dos três consoles?
VM - Olha, esse é um fator complicado, pois para o jogador mais casual, que quer simplesmente sentar, jogar e se divertir, dificilmente ele investirá em aparelhos mais sofisticados somente para jogar videogames. Por outro lado, o jogador hardcore irá procurar o melhor equipamento possível para aproveitar todo potencial do console. Mas, pensando de outra maneira, nós estamos em uma época de grande renovação tecnológica nessa área, pois com a chegada da TV Digital, o barateamento das TVs LCD e Plasma, e também de sistemas de áudio integrados, tipo Home Theater, a tendência é que os consoles de nova geração se integrem naturalmente a essa renovação,facilitando o aproveitamento destes recursos a mais.
TG - Baseado em sua experiência na área de games, quais os gêneros de jogos têm a preferência do público brasileiro?

VM - Sem dúvida, games de futebol são os favoritos do público, tanto que a NCG está fazendo um grande evento para o lançamento da nova versão de Pro Evolution Soccer. Mas, além desses, o público aprecia muito simuladores de corrida com carros reais como Gran Turismo e Forza Motorsport, jogos de ação como Grand Theft Auto, jogos de tiro como Halo, Battlefield e Call of Duty e os tradicionais títulos de plataforma como Sonic, Mario e Crash Bandicoot.
TG - O mercado de videogames portáteis (Nintendo DS e Playstation Portable) no Brasil já está sedimentado ou falta muito para uma popularização mais efetiva? Este tipo de console atinge apenas uma determinada faixa etária por aqui?

VM - O videogame portátil atinge principalmente uma faixa etária mais baixa, pois ele é tratado por muitos ainda como “minigame”, aqueles joguinhos simples que se vendem em camelôs. Mas isso está mudando, pois na última geração com o PSP e NDS, os jogos se tornaram bem mais complexos e atrativos, muitas vezes bem próximos aos consoles domésticos. Além disso, eles agora trazem outras funcionalidades, como é o caso de acesso a Internet, MP3 player, e até GPS, no caso do PSP. Há também maior oferta de jogos com desafios ao raciocínio rápido e lógico, e a interação via caneta stylus que faz do NDS um campeão de vendas e público.
TG - Baseado em suas preferências, responda rápido as alternativas abaixo:

a) Pro Evolution Soccer ou FIFA Soccer?
Pro Evolution. Mais realista e desafiador

b) Gran Turismo ou Need for Speed?
Gran Turismo. Gosto mais da simulação complexa que ele oferece.

c) Halo ou Metal Gear?
Metal Gear. Adoro a trama complexa e bem escrita da série.

d) Super Mario ou Sonic?
Esse é difícil viu... mas ainda vou de Mario, pois a cada nova versão ele sempre surpreende e causa uma revolução na história dos games.

e) Street Fighter ou Tekken?
Eu sou das antigas, cresci jogando Street Fighter, então, esse é o meu preferido.

Por: http://www.techguru.com.br/Techguru-Entrevista-videogames-nova-geracao-sao-uma-realidade-Brasil.htm

_________________
Meus garotos!!!
=> Next
avatar
sikapan
Administrador
Administrador

Masculino
Número de Mensagens : 1318
Idade : 36
Localização : Rio de Janeiro - RJ
Emprego/lazer : Analista
Humor : Paulo Ricardo
Data de inscrição : 24/01/2008

Ver perfil do usuário http://portallpp.ativoforum.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [ALL] Os videogames de nova geração já são uma realidade no Brasil?

Mensagem por MEC em Ter 18 Mar 2008 - 10:42

grande post, me agradou muito a parte da tendencia ao ps3
avatar
MEC
Louco Por Playstation Lvl D
Louco Por Playstation Lvl D

Masculino
Número de Mensagens : 2825
Idade : 39
Localização : Joinville - SC
Emprego/lazer : viver e não ter a vergonha de ser feliz
Humor : cantar e cantar e cantar a beleza de ser um eterno aprendiz
Data de inscrição : 31/07/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum